sexta-feira, 8 de julho de 2011

Pseudociese

Outro dia li num blog sobre pseudociese e pesquisei sobre o assunto, bem se trata de alterações nos hormônios que acontecem logo depois do cio das cadelas e geralmente fazem com que cadelas e gatas apresentem comportamentos fisiológicos e psicológicos de prenhez, mesmo sem terem acasalado e nem estando grávidas. Isso tende a acontecer uns 30 dias após o cio e dura mais ou menos um mês. Estima se que ocorra com 50 a 70% das cadelas, o que significa que é meio normal. Nos sinais mais freqüentes as fêmeas lambem o abdômen, fazem os chamado comportamentos de “Ninho”, ou seja, adotam objetos inanimados ou filhotes de outras fêmeas, ficam agressivas, tem distensão mamária, produção e secreção de leite, e podem ganhar peso e/ou ter anorexia. Levar ao veterinário com certeza é sempre a melhor opção até por que a chamada gravidez psicológica pode estar relacionada com tumores nas mamas.
Lucas Phelipe

Yorkshire Terrier

video
Editado por mim mesmo.Algumas dessas imagens foram retiradas do site http://pequenograndecao.wordpress.com do qual sou fan.lembre-se se você detem direitos autorais sobre alguma dessas fotos é só falar!!!

Depois tem mais!!

Poodle

video
Editado por mim mesmo.!!!!!

Lucas Phelipe

domingo, 3 de julho de 2011

Pulgas



As pulgas são o maior inimigo de um cão concerteza,aquele coça coça que parece  nunca ter fim. Pulga é o nome comum dos insetos Siphonaptera. Elas são parasitas externos que vivem alimentam do sangue de mamíferos e às vezes de aves. Podem vir a transmitir doenças graves como o tifo e a peste bubônica. Elas afetam animais silvestres e domésticos, como o gato, cachorro por exemplo. Além de incomodarem com picadas, transmitem vermes e até parasitas para o sangue do animal e podem induzir a processos alérgicos, diminuindo a qualidade e o tempo de vida de nossos animais.
As pulgas são capazes de pular até 30 cm, assim não é necessário de contato íntimo, nossos pimpolhos podem adquiri-las passeando na rua ou até em casa, por onde possam ter acesso outros animais. Caso o animal já as possua, ou apenas se queira evitar, há muitos métodos disponíveis, para solucionar o problema, claro dependendo do grau de infestação do animal, dos lugares em que vive ou freqüenta, da quantidade de animais e tudo mais. Esses fatores vão orientar o esquema de erradicação das pulgas quanto aos medicamentos e período necessários para tal. Existem xampus, sabonetes e vacinas. Se seu cão tem esse tipo de problema procure um veterinário.